Software de apresentação Prezi chega ao Brasil

Software de apresentação Prezi chega ao Brasil. Com quase 30 milhões de usuários, o popular software em nuvem está agora disponível em português.  O software de apresentação Prezi lançou nessa terça-feira (24) uma versão do seu serviço em português, com foco no Brasil. 

A empresa, fundada em 2009 na Hungria, fornecia o serviço apenas em inglês e, ainda assim, o público brasileiro já representava mais de um milhão de usuários. “O Brasil sempre foi conhecido como um país de cultura altamente engajada, solidária e criativa e, por isso, cremos muito no potencial de crescimento de Prezi na região”, disse Peter Arvai, CEO do Prezi.

“Não temos uma meta específica, mas desde que disponibilizamos a ferramenta em espanhol, a América Latina tem sido um mercado que tem crescido rapidamente e pode se tornar o segundo maior para nós, atrás apenas da América do Norte. Gostaríamos que a comunidade brasileira do Prezi, que atualmente ocupa a terceira posição dentro desta área, se tornasse a maior base de usuários da região”, afirmou o diretor de marketing da Prezi, Drew Banks.

Apresentação

O Prezi é concorrente do PowerPoint e consiste em fornecer aos usuários ferramentas para criar apresentações. Mas, diferente dos slides lineares do software da Microsoft, a ideia do serviço é utilizar uma tela aberta que permite aos usuários ver detalhes das apresentações e exibi-las como em um grande retrato.

As apresentações funcionam com “zoom” e os usuários podem aproximar a imagem até os mínimos detalhes ou afastá-la para ter uma visão geral da apresentação. Além disso, os trabalhos salvos no Prezi podem ser acessados de diferentes plataformas, sendo elas dispositivos móveis ou desktops.

O serviço também permite que outras pessoas possam editar os documentos e também adicionar mídias, como vídeos e som.

Os interessados podem se cadastrar no serviço por meio do Facebook e, além da opção de uso gratuito, o usuário também pode escolher entre duas assinaturas: a Enjoy License (no valor de US$ 4,92 por mês) e a Pro License (no valor de US$ 13,25 por mês). Ambas as licenças pagas possuem um período de testes gratuito por 30 dias.

Fonte: PCWorld

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =